CONTROLE DE CONTAS: 4 DICAS PARA OTIMIZAR SEU DIA
controle de contas

CONTROLE DE CONTAS: 4 DICAS PARA OTIMIZAR SEU DIA

O controle financeiro é fundamental para a sustentabilidade de qualquer empresa, independente do seu porte ou segmento.

A prática do controle de contas a pagar e a receber garante uma boa gestão financeira para os negócios, permitindo que os gestores acompanhem o fluxo de caixa e tenham uma visão completa da saúde financeira da empresa.

Confira a seguir o que é controle de contas e 4 dicas para otimizá-lo.

O que é o Contas a Receber?

Contas a pagar e a receber ambas devem fazer parte do planejamento financeiro da sua empresa, antes mesmo da própria ação de pagar ou de receber. No contas a receber é registrado tudo aquilo que está previsto para entrar no caixa da empresa. São as receitas. 

Como fazer o controle de contas? 

Vale lembrar que investir em ferramentas eficazes, como um sistema de gestão, por exemplo, é uma excelente maneira de potencializar o seu controle financeiro.

No entanto, ainda que você ainda utilize planilhas, é importante ter organização e dedicação para otimizar os seus resultados. Por este motivo, é de extrema importância manter uma organização de suas contas.

Fazendo isso, você conseguirá reduzir a inadimplência dos seus clientes ou a fornecedores, resultando em ganhos financeiros.

4 DICAS PARA OTIMIZAR SUAS CONTAS

1- Planeje o seu fluxo de caixa

Com o planejamento das suas contas, é possível saber quanto dinheiro entrará na conta nos próximos dias e organizar o seu fluxo de caixa.

Neste planejamento você deve:

  • organizar pagamentos;
  • organizar investimentos que podem ser feitos.

2- Provisione as despesas fixas

Toda e qualquer empresa possui despesas que são fixas e que variam nos seus valores, porém todas elas devem ser lançadas. Nesse caso,  é necessário fazer apenas alterações quando a conta chegar. 

Despesas variáveis são todas aquelas que dependem das vendas. Por exemplo, impostos e comissões. As despesas fixas, são as que ocorrem independentemente de você ter vendas ou não. Por exemplo: conta de luz, aluguel, salário de funcionários, etc.

Você também pode ter lançamentos de previsões para seis meses ou um ano completo, e sempre manter as atualizações caso uma despesa entre ou saia do seu fluxo.

3- Centralize os pagamentos numa data

Sempre que possível, centralize o contas a pagar logo após o seu maior recebimento. Exemplo: se sua maior receita ocorre sempre no dia 10 de cada mês, então ajuste suas despesas para após o dia 10. Isso facilitará no seu controle de capital de giro.

4- Utilize uma ferramenta 

Fazer a gestão financeira do seu negócio é extremamente importante para  ter um acompanhamento assertivo em relação aos valores de contas a receber e a pagar.

Com um Sistema de Gestão, você terá mais informações importantes sobre a previsão de contas, percentual de inadimplência, valores cobrados a serem creditados no dia, pagamentos de comissão e ainda conseguir fazer uma análise de custos muito mais precisa.

Se quiser entender como funciona um Sistema de Gestão verticalizado para o seu segmento, basta solicitar uma consultoria gratuita.

Espero que este post te ajude a organizar o seu fluxo de contas! Qualquer dúvida, é só deixar aqui nos comentários.

Sugiro a leitura do nosso conteúdo: PASSOS SIMPLES PARA EVITAR A FALTA DE LUCRATIVIDADE NO NEGÓCIO

Este post tem um comentário

Deixe um comentário